• Português
  • English
  • Español
Trabalhos técnicos do XXII SBRH

Pesquise abaixo utilizando um filtro. Não use acentuação.

Autores:

    Trabalho(s) do(a) autor(a):

    Análise da paisagem aplicada a bacia do rio gurupi pa/ma


    Clique no nome para ver mais...

    Trabalho(s) do(a) autor(a):

    Análise da paisagem aplicada a bacia do rio gurupi pa/ma


    Clique no nome para ver mais...

    Trabalho(s) do(a) autor(a):

    Análise da paisagem aplicada a bacia do rio gurupi pa/ma

    Risco ambiental nas bacias dos rios guamá e moju - nordeste do estado do pará


    Clique no nome para ver mais...

Palavras-chave:

Região Hidrográfica, hidrogemorfologia, vazões

Tema:

14 - Tópicos especiais

Idioma: Português (BR)

Instituição:

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

Email: alinemeiguins@gmail.com

Edição: 2017

Visualizações: 160

 

ANÁLISE DA PAISAGEM APLICADA A BACIA DO RIO GURUPI PA/MA

  • Compartilhe:
  • Fechar

    Enviar este trabalho para um amigo.


      

      Receber uma cópia no meu email

Resumo:

A avaliação do potencial hídrico da bacia hidrográfica do rio Gurupi teve por objetivo identificar as áreas de maior pressão pela associação do comportamento a precipitação pluviométrica e das vazões, com suas unidades de relevo. O rio Gurupi é formado pela confluência dos rios Itinga e Açailândia, drena em direção ao oceano Atlântico, tendo influência de maré. A metodologia adotou a caracterização da distribuição das chuvas e regionalização do comportamento das vazões, testando o método de razão de área de drenagem e a avaliação do potencial de reversão da chuva em vazão a partir da análise de regressão. O trimestre junho-julho-agosto (JJA) é período mais seco (25-135 mm). As sub-bacias que apresentam maior probabilidade de variação do seu regime com a distribuição das chuvas x vazão são as dos rios Açailândia, Itinga e Gurupizino, tornando as cidades de São Francisco do Brejão, Açailândia, Itinga do Maranhão, Dom Eliseu e Ulianópolis as mais vulneráveis durante o trimestre menos chuvoso da região (JJA). As unidades de relevo componentes das cabeceiras e médio curso são as que apresentam maior potencial erosivo e as formadoras da foz, o de acumulação e retrabalhamento pela ação integrada da dinâmica fluvial e marinha.


Clique no botão Download abaixo para obter os arquivos
do trabalho técnico e apresentação

 







O arquivo não foi localizado,
ou o Adobe Reader não está instalado, para baixá-lo, clique aqui.







Download » Trabalho Técnico  |  Instalar o Adobe Reader


, . RISCO AMBIENTAL NAS BACIAS DOS RIOS GUAMÁ E MOJU - NORDESTE DO ESTADO DO PARÁ. In: , São Paulo. Anais. Disponível em: http://evolvedoc.com.br/xxiisbrh/detalhes-700_analise-da-paisagem-aplicada-a-bacia-do-rio-gurupi-pama_522f6fbe59aa196c1316a0baec37d6fe. Acesso em: 23/01/2019.

 

Comentários (0)

 


Seja o primeiro a comentar.

Fechar

Enviar um email




  Receber uma cópia no meu email
Atualizar
Escolha o formato: Imagem ou Som